Lostpedia s 2020.png
Esse artigo foi revisado por um editor verificado.

"Frozen donkey wheel" redireciona para aqui. Se deseja ver outros artigos "Frozen donkey wheel", veja Roda Congelada

Códigos de cenas finais têm sido usados pelos produtores e escritores de Lost para se referir às cenas finais dos finais de temporadas que contêm "reviravoltas".

Os códigos tendem a seguir dois padrões: os 2 primeiros eram também nomes de pães sem relação com a cena final; os outros dois pareciam inicialmente frases populares sem relação com o contexto da temporada até que a cena final fosse vista.

1ª Temporada: "The Bagel" ("A Rosca")

"A Rosca".

Na 1ª Temporada, foi "A Rosca", no qual Walt foi raptado por Tom e Os Outros. ("Exodus: Parte 2")

De início, o código parece não ter relação nenhuma com a cena; porém, a rosca, um pão, é tradicional na cozinha judaica-americana assim como o chalá. Assim como em outros finais, esse é um dos códigos que não se referem a cena final (Jack e Locke olhando para a escotilha), mas a uma vista momentos antes (sequestro de Walt).

2ª Temporada: "The Challah" ("O Chalá")

"O Chalá".

O código do final da 2ª Temporada, foi "O Chalá", cena que revelava Henrik e Mathias na Estação de Busca, em um local polar e desolado. Ao receber uma informação no computador de uma anomalia eletromagnética, eles ligam para Penny Widmore para contar a ela que eles "acharam-na". ("Live Together, Die Alone")  (Podcast Oficial)

Esse código parece não ter relevância com a cena final; entretanto, o chalá é um tipo de pão tradicional da cultura judaica, igual à Rosca.

3ª Temporada: "The Rattlesnake in the Mailbox" ("A Cascavel na Caixa de Correio")

"A Cascavel na Caixa de Correio".

O final da 3ª Temporada foi chamado de "A Cascavel na Caixa de Correio","[1] também conhecido como "A Cobra na Caixa," onde Jack, bêbado e depressivo, encontra Kate em LAX, implorando a ela que eles voltem para a Ilha. A cena revelou que os flashes do episódio foram na verdade Flashforwards ao invés de Flashbacks. ("Through the Looking Glass")

Não é uma referência literal a cena, afinal, não é vista nenhuma cascavel ou caixa de correio, porém o código e a cena têm duas semelhanças. A primeira é que a cena é tão surpreendente quanto seria uma cobra em uma caixa de correio; e segunda é que foi uma reviravolta, em vista que o público tinha se acostumado a ver as histórias contadas em tempo real ou flashback e não esperavam uma quebra de narrativa como a que foi feita.

O código talvez seja uma referência a cultura Sinanon, que diz para matar um inimigo deixando uma cascavel em sua caixa de correio. A cultura foi criada em Santa Monica, CA, onde a Bad Robot Productions fica.

4ª Temporada: "The Frozen Donkey Wheel" ("A Roda de Burro Congelada")

O nome foi usado como uma pista falsa para quem acreditava que falava dessa cena.

A "Roda de Burro Congelada".

O código do final da 4ª Temporada, foi "A Roda de Burro Congelada", era para ser sobre a pessoa que estaria no caixão visto pela primeira vez em "Through the Looking Glass". Damon Lindelof revela nos comentários em DVD de "There's No Place Like Home: Parte 2" que o nome foi escolhido para ser uma pista falsa para os sites de spoiler, já que uma cena anterior mostrou literalmente uma "roda congelada" e esses sites vazariam essa cena ao invés do final real, uma vez que eles deram a informação errada.

5ª Temporada: "The Fork in the Outlet" ("O Garfo na Tomada")

Ben esfaqueia Jacob e Locke o joga ao fogo.

Em 6 de abril de 2009 foi revelado o nome do código da cena secreta de "The Incident", final da 5ª temporada: "O Garfo na Tomada".

Nos podcasts oficiais anteriores ao season finale, os produtores Damon Lindelof e Carlton Cuse se referiram a cena como a "cena final secreta", o que iria indicar Juliet detonando o núcleo da bomba Jughead. Entretanto, no "The Fuselage", site oficial do time criativo por trás de Lost, o ator Jorge Garcia afirmou que a cena que foi cortada do roteiro foi Ben esfaqueando Jacob e Locke o jogando no fogo.[2]

Sem um nome para a cena final ao começo do ano, Damon Lindelof e Carlton Cuse abriram um pedido para que os fãs enviassem suas sugestões para códigos do episódio ainda não-visto e eles escolheriam o mais adequado entre os submetidos. Segundo os produtores, 75 milhões de votos foram recebidos, então dando pane nos servidores da Disney. A equipe do podcast fez um levantamento de alguns nomes, mas Lindelof e Cuse escolheram o de teor mais próximo. Spin Drift Beck, de Dallas, enviou o título vencedor: "The Fork in the Outlet" ("O Garfo na Tomada").

6ª Temporada: "Sun and Jin's Wedding" ("Casamento de Sun e Jin")

Os Shephards.

Damon Lindelof e Carlton Cuse afirmaram que o final da sexta temporada não teria um código oficial pois acreditavam que não havia uma cena nomeável. [3]. O ator Jorge Garcia afirmou no podcast Geronimo Jack's Beard de 31/03/2010 que o último ato do roteiro não havia sido impresso.

Os personagens se agrupam para seguir em frente.

A cena que não foi colocada nos roteiros (apenas colocada no roteiro dos atores que participariam da cena e um grupo de seleto de membros da equipe) não era a cena final, mas a penúltima em que Jack e Christian conversam sobre tudo o que aconteceu e revelam que os flashsideways eram na verdade um pós-vida.

A última cena, quando os personagens se reúnem, foi descrita originalmente como "Casamento de Sun e Jin" nas ordens do dia e nos documentos da equipe para prevenir vazamentos. (Geronimo Jack's Beard)


O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-NC-ND salvo indicação em contrário.